Curitiba ganha prêmio internacional de sustentabilidade pelo programa Agricultura Urbana

O programa Agricultura Urbana, da Prefeitura de Curitiba, venceu o prêmio C40 Cities Awards 2016, na categoria Cidades Sustentáveis. O prêmio foi entregue na noite de quinta-feira (1), na Cidade do México, ao prefeito Gustavo Fruet. O programa de Curitiba – que concorreu com 160 projetos, de 75 cidades, entre as quais Toronto (Canadá), Cidade do Cabo (África do Sul) e Auckland (Nova Zelândia) – foi reconhecido por sua contribuição para a redução da emissão de gases do efeito estufa, a partir de práticas sustentáveis.

A premiação é promovida a cada dois anos pelo C40, grupo que reúne mais de 40 prefeitos de todo o mundo comprometidos com o combate às mudanças climáticas e a criação de centros urbanos sustentáveis e com melhor qualidade de vida para seus habitantes.

Continuar lendo “Curitiba ganha prêmio internacional de sustentabilidade pelo programa Agricultura Urbana”

Anúncios

Nova Agenda Urbana reúne consenso para ser adotada em Quito e ICLEI prepara delegação para Habitat III

Foi lançado, no último dia 13, o documento finalizado que será a base das negociações durante a Conferência da Nações Unidas sobre Moradia e Desenvolvimento Urbano Sustentável (Habitat III), que será realizada em Quito, entre 17 e 20 de outubro. Após 38 horas seguidas de discussão, o texto da Nova Agenda Urbana foi acordado ao final das negociações informais que aconteceram em Nova York, de 7 a 10 de setembro, o último encontro intergovernamental antes da Conferência.

Durante a Conferência, Prefeitos e representantes da Rede ICLEI – Governos Locais pela Sustentabilidade serão recebidos em Quito pelo Prefeito Mauricio Rodas, membro do Comitê Executivo Regional e Global do ICLEI, para demonstrar suas experiências e debater a Nova Agenda Urbana e sua implementação nas cidades ao longo dos próximos 20 anos. Na ocasião, a cidade também será a sede das reuniões dos Conselhos Global e Regional do ICLEI.

Continuar lendo “Nova Agenda Urbana reúne consenso para ser adotada em Quito e ICLEI prepara delegação para Habitat III”

Abertas as inscrições para a Cúpula Mundial de Líderes Locais e Regionais

De 12 à 15 de outubro, prefeitos, vereadores e técnicos municipais se encontrarão em Bogotá (Colômbia), para discutir as agendas globais e trocarem experiências. Trata-se da Cúpula Mundial de Líderes Locais e Regionais, que será realizada no âmbito das atividades do 5º Congresso Mundial das Cidades e Governos Locais Unidos, na capital da Colômbia. As inscrições permanecem abertas até 15 de setembro.

Estão sendo oferecidas tarifas promocionais para delegados e acompanhantes. A taxa para se inscrever garante a participação em todas as agendas do Congresso, como eventos sociais, entrada na Expo Bogotá, transporte dentro das rotas autorizadas e uma experiência na cidade que engloba programas culturais, turísticos, além de almoços e coffee breaks.

Continuar lendo “Abertas as inscrições para a Cúpula Mundial de Líderes Locais e Regionais”

FAO sediará reunião mundial de prefeitos em 2016

A celebração oficial do Dia Mundial da Alimentação na sede da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), no dia 14 de outubro de 2016, coincidirá com uma reunião de prefeitos de mais de 100 cidades de todo o mundo.

Em outubro de 2015, esses mesmos prefeitos aderiram ao “Pacto de Política Alimentar Urbana de Milão”, o primeiro protocolo internacional que insta às cidades a desenvolverem sistemas alimentares sustentáveis que garantam alimentos saudáveis e acessíveis a toda sua população, que protejam a biodiversidade e que reduzam o desperdício de alimentos.

Continuar lendo “FAO sediará reunião mundial de prefeitos em 2016”

As cidades globais e os prefeitos progressistas, por Yue Zhang e Aldo Fornazieri

Em 2001, o socialista Bertrand Delanoë foi eleito prefeito de Paris. Em 2014, Anne Hidalgo, igualmente socialista, foi eleita a primeira mulher prefeita da Capital francesa. Londres só passou a eleger prefeitos a partir de 2000. O seu primeiro prefeito foi Ken Livingstone, da ala esquerda do Partido Trabalhista, que ocupou o cargo até 2008 por ter sido reeleito. Em 2012, as duas maiores cidades da América Latina elegeram prefeitos progressistas e de esquerda: Haddad foi eleito prefeito de São Paulo e Miguel Ángel Mancera foi eleito para governar a Cidade do México. Em 2014, o ex-guerrilheiro Gustavo Petro foi eleito prefeito de Bogotá. Mais recentemente, em 2015, Ada Colau foi eleita prefeita de Barcelona e Manuela Carmena prefeita de Madrid pelo novo partido de esquerda, Podemos. Bill de Blasio, eleito prefeito de Nova York em novembro de 2013, pelo Partido Democrata, também pode ser considerado um prefeito de perfil progressista. Entende-se por progressista aqui, o político que comunga ideias sociais, humanistas, igualitárias e que defende uma modernização fundada no progresso, no bem estar e na sustentabilidade ambiental.

Há dois pontos em comum que conectam esses prefeitos aparentemente diferentes e distantes. Em primeiro lugar, enquanto localizados em diferentes países e continentes, eles são prefeitos de grandes cidades globais que têm posições de destaque na economia mundial e nos assuntos internacionais. Em segundo lugar, os prefeitos são todos de partidos socialistas, progressistas ou de esquerda. Então, por que cidades globais tendem a eleger prefeitos com este perfil?

Continuar lendo “As cidades globais e os prefeitos progressistas, por Yue Zhang e Aldo Fornazieri”