Belo Horizonte lança Estudo de Vulnerabilidade às Mudanças Climáticas

A Prefeitura de Belo Horizonte lançou, no dia 07 de Dezembro de 2016, no auditório do edifício sede da PBH (Av. Afonso Pena, 1212), a Análise de Vulnerabilidade às Mudanças Climáticas do Município.

A Análise de Vulnerabilidade às Mudanças Climáticas do Município de Belo Horizonte considera como cenário o ano de 2016 com as projeções para o ano de 2030. O Estudo aponta para uma sequência de ações que devem ser feitas nesse período e que visam impactar positivamente as ameaças identificadas como críticas, buscando um desenvolvimento resiliente da cidade em médio e longo prazo.

Continuar lendo “Belo Horizonte lança Estudo de Vulnerabilidade às Mudanças Climáticas”

Anúncios

Rio de Janeiro participa de Cúpula de Prefeitos C40

Entre os dias 30 de novembro e 02 de dezembro foi realizada a quarta edição da Cúpula de Prefeitos da rede de cidades C40, da qual o Prefeito Eduardo Paes foi o presidente nos últimos três anos.

Durante a Cúpula, que ocorreu na Cidade do México, o Prefeito Paes passou o cargo de presidente para a Prefeita de Paris, Anne Hidalgo, além de apresentar o fundo financeiro que “apoia ações das cidades globais no enfrentamento das mudanças climáticas e na busca pela redução da emissão de gases do efeito estufa”.


Fonte: Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro.

Rio de Janeiro participa do 5º Congresso da CGLU e da Assembleia Mundial de Governos Locais

 Entre os dias 12 e 15 de outubro, a cidade do Rio de Janeiro participou do 5º Congresso da rede Cidades e Governos Locais Unidos (CGLU), em Bogotá (Colômbia), em conjunto com a segunda sessão da segunda Assembleia Mundial de Governos Locais.

O Congresso, que reuniu representantes de governos locais de todo o mundo, redes de cidades (Mercocidades e ALLAS, por exemplo), sociedade civil e academia, permitiu o debate sobre a atuação dos governos locais na Conferência Habitat III, que acontece em Quito até amanhã dia 20 de outubro, especificamente em relação à implementação da Nova Agenda Urbana.

Continuar lendo “Rio de Janeiro participa do 5º Congresso da CGLU e da Assembleia Mundial de Governos Locais”

CGLU chama a atenção para que a Nova Agenda Urbana empodere mulheres

As temáticas de igualdade de gênero e empoderamento das mulheres têm se destacado entre os assuntos que serão abordados nas discussões para construção da Nova Agenda Urbana durante o 5º Congresso da Cúpula Mundial da Organização Mundial Cidades e Governos Locais Unidos (CGLU). O evento será em Bogotá, capital da Colômbia, de 12 a 15 de outubro.

Os temas abordados no 5º Congresso da CGLU estão em convergência e dialogam com aqueles a serem discutidos na Terceira Conferência das Nações Unidas sobre Habitação e Desenvolvimento Urbano Sustentável, a Habitat III, que será realizada de 17 a 20 de outubro na cidade de Quito, capital do Equador.

Privatização do saneamento já se mostrou inadequada em muitos países, diz relator da ONU

Segundo estudo citado pelo relator das Nações Unidas para água e saneamento, o brasileiro Leo Heller, nos últimos 15 anos houve ao menos 180 casos de reestatização do fornecimento de água e esgoto em 35 países, em cidades como Paris (França), Berlim (Alemanha), Buenos Aires (Argentina), Budapeste (Hungria), La Paz (Bolívia) e Maputo (Moçambique).

As quebras ou não renovações dos contratos ocorreram por falhas das empresas em atingir metas de universalização, além de problemas com transparência e dificuldade de monitoramento do serviço pelo setor público.

O Brasil tem 40% de sua população sem acesso adequado à água e 60% sem acesso a esgotamento sanitário. Apesar da evolução nas últimas décadas, o quadro permanece preocupante e, para solucioná-lo, são necessários mais investimentos públicos continuados, enquanto a privatização desses serviços já se mostrou inadequada em diversos países, disse o relator especial das Nações Unidas sobre o tema, o brasileiro Leo Heller.

Continuar lendo “Privatização do saneamento já se mostrou inadequada em muitos países, diz relator da ONU”