Habitat III: países adotam nova agenda para urbanização sustentável

Delegações presentes na Terceira Conferência das Nações Unidas sobre Moradia e Desenvolvimento Urbano Sustentável, realizada em Quito, no Equador, adotaram na quinta-feira (20) a Nova Agenda Urbana — documento que vai orientar a urbanização sustentável pelos próximos 20 anos.

Entre as principais disposições do documento, está a igualdade de oportunidades para todos; o fim da discriminação; a importância das cidades mais limpas; a redução das emissões de carbono; o respeito pleno aos direitos dos refugiados e migrantes; a implementação de melhores iniciativas verdes e de conectividade, entre outras.

Continuar lendo “Habitat III: países adotam nova agenda para urbanização sustentável”

Anúncios

BID oferece curso gratuito para capacitar gestores na área de desenvolvimento sustentável

Estão abertas as inscrições para a segunda edição do curso online e gratuito “Liderando o Desenvolvimento Sustentável das Cidades”. As aulas terão início no dia 27 de setembro e seguirão por seis semanas, com conteúdos em vídeo em português ou legendado, atividades de conhecimento, compartilhamento de experiências, fóruns de discussão, bibliografia atualizada e estudos de caso.

Continuar lendo “BID oferece curso gratuito para capacitar gestores na área de desenvolvimento sustentável”

ICLEI América do Sul dá boas-vindas a novo secretário-executivo, Rodrigo Perpétuo

“Motivado para trabalhar com os desafios e oportunidades das cidades” foi como Rodrigo Perpétuo definiu sua entrada como novo secretário-executivo do Secretariado Regional do ICLEI para a América do Sul. Mineiro, 41 anos, Perpétuo é mestre em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG), e formado em Economia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Tem especializações em gestão de negócios pela Fundação Dom Cabral e em Cooperação Descentralizada pela Universidade Aberta da Catalunha. Ao longo de sua trajetória profissional, acumulou experiências no setor privado, trabalhando com gestão de negócios, tecnologia e educação internacional, na academia, como professor de Relações Internacionais, e no setor público.

Continuar lendo “ICLEI América do Sul dá boas-vindas a novo secretário-executivo, Rodrigo Perpétuo”

VI Fórum Mundial de Cidades pelos Direitos Humanos e Reunião da CISDP

Do dia 21 a 24 de julho de 2016, ocorrerá o 6º Fórum Mundial de Cidades pelos Direitos Humanos (WHRCF), organizado pelo Centro Internacional de Gwangju (Gwangju International Center), com o patrocínio da Cidade Metropolitana de Gwangju e a Secretaria Metropolitana de Educação de Gwangju, e com o apoio da Comissão de Inclusão Social, Democracia Participativa e Direitos Humanos da CGLU e da Fundação Coreana de Defesa dos Direitos Humanos. Além disso, na ocasião, a Comissão organizará uma reunião entre seus membros.

Desde 2011, o WHRCF reúne atores-chaves para a construção de cidades pelos direitos humanos. A 6ª edição do WHRCF tem como objetivo buscar o intercâmbio de experiências entre cidades comprometidas com os direitos humanos no mundo e fortalecer as alianças globais de cidades defensoras dos direitos humanos, com base nos Princípios Orientadores de Gwangju para uma Cidade pelos Direitos Humanos (2011).

Continuar lendo “VI Fórum Mundial de Cidades pelos Direitos Humanos e Reunião da CISDP”

Avanços para a criação de uma nova organização latino-americana de governos locais

1No dia 28 de abril, representantes do Grupo Aberto de Trabalho Permanente de Cidades e Governos Locais da América Latina (GATP) se reuniram na Cidade do Panamá. Neste encontro participaram autoridades de Mercocidades, FLACMA e Aliança AL-Las com o objetivo de avançar na criação de uma nova representação regional ante a organização mundial Cidades e Governos Locais Unidos (CGLU).

A proposta surgiu no dia 3 de dezembro de 2015 em Paris, França, e prevê chegar ao 5º Congresso de CGLU em outubro deste ano em Bogotá, Colômbia, com definições concretas e propostas de trabalho.

A nova representação latino-americana afirma que orientará suas ações com base nos princípios de democracia, transparência e efetividade. E tem como objetivos: avançar em uma estratégia coordenada para a participação global e articular alianças para enfrentar importantes desafios na região como a iniquidade, a desigualdade, o acesso a serviços básicos, a mobilidade urbana, o melhoramento dos espaços públicos e a resiliência ante os impactos derivados da mudança climática.

Continuar lendo “Avanços para a criação de uma nova organização latino-americana de governos locais”