Objetivos

I – Representar os interesses e qualificar as ações dos municípios brasileiros no que diz
respeito à sua articulação internacional.
II – Fortalecer a consolidação das estruturas locais de Relações Internacionais por meio da capacitação e de ações estruturantes, com vista à continuidade das ações e políticas desenvolvidas por estas estruturas;
III – Constituir – se num centro de pensamento das Relações Internacionais Federativas no país, produzindo estudos e projetos sobre o tema;
IV – Servir como foro político de tomada de decisões conjuntas pelos seus Membros, construindo um discurso que reflita a diversidade e a pluralidade das Relações Federativas no país;
V – Servir como foro político para o dialogo com os Governos Federal e Estadual no âmbito das suas ações internacionais que repercutem nos municípios;
VI –Qualificar ao máximo o debate da inserção de cidades na cena internacional por meio do diálogo com outras esferas de governo, com a academia, imprensa e sociedade civil organizada;
VII – Promover o intercâmbio nacional e internacional de experiências municipais e estaduais visando o desenvolvimento das atividades internacionais ao nível municipal como política pública;
VIII – Trabalhar pela democratização da política externa brasileira;
IX – Trabalhar, juntamente com os Poderes Legislativo e Executivo Municipais, bem como, com os Governos Federal, Estaduais e Municipais, na adoção de medidas legislativas que concorram para o aperfeiçoamento e fortalecimento das políticas internacionais dos municípios;
X –Estabelecer convênios com entidades públicas ou privadas nacionais e internacionais, com instituições de ensino e pesquisa e outras congêneres, objetivando promover o intercâmbio cultural, científico, de estudos e pesquisas nas áreas de sua atuação e interesse.