FAO sediará reunião mundial de prefeitos em 2016

A celebração oficial do Dia Mundial da Alimentação na sede da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), no dia 14 de outubro de 2016, coincidirá com uma reunião de prefeitos de mais de 100 cidades de todo o mundo.

Em outubro de 2015, esses mesmos prefeitos aderiram ao “Pacto de Política Alimentar Urbana de Milão”, o primeiro protocolo internacional que insta às cidades a desenvolverem sistemas alimentares sustentáveis que garantam alimentos saudáveis e acessíveis a toda sua população, que protejam a biodiversidade e que reduzam o desperdício de alimentos.

Continuar lendo “FAO sediará reunião mundial de prefeitos em 2016”

Vice-governador do Estado de São Paulo participa do “Regional Leaders” em Munique

Cúpula reúne lideranças de 7 regiões do mundo; Investe São Paulo e Invest in Bavaria assinam protocolo de intenções

 

O  vice-governador do Estado de São Paulo Márcio França participa de 14 a 15 de julho da oitava edição da Cúpula de Líderes Regionais (Regional Leaders). Este ano, o evento bienal sob o tema “Digitalização e Inovação”, acontece em Munique.  O Regional Leaders reúne lideranças de estados e províncias de sete países nos cinco continentes – África do Sul, Alemanha, Áustria, Brasil, Canadá, China e Estados Unidos.

Continuar lendo “Vice-governador do Estado de São Paulo participa do “Regional Leaders” em Munique”

Evento: Diálogo parlamentar sobre o papel dos governos subnacionais como atores internacionais

Via Projeto AL-LAs (tradução nossa).

Organizado por AL-LAs em colaboração com o Senado da República, a Secretaria de Relações Exteriores, a Conferência Nacional de Governadores e o Governo da Cidade do México, o encontro ocorrerá no dia 12 de julho na sede do Senado da República.

1

O “Diálogo parlamentar sobre o papel dos governos subnacionais como atores internacionais”, organizado por AL-LAs em colaboração com o Senado da República, a Secretaria de Relações Exteriores, a Conferência Nacional de Governadores e o Governo da Cidade do México, ocorrerá no dia 12 de julho na sede do Senado da República.

O evento tem por objetivo fomentar o diálogo e a reflexão sobre a importância da geração de coesão entre autoridades locais, parlamentos e governo federal para impulsar a ação internacional local como uma política pública que contribua para o desenvolvimento do país.

Continuar lendo “Evento: Diálogo parlamentar sobre o papel dos governos subnacionais como atores internacionais”

A nova ordem mundial das cidades, por Fernando Santomauro

Tendências incentivadas mundialmente, como privatismos e terceirizações, trazem mais problemas do que soluções para as cidades

Por Fernando Santomauro

cidades
Grafite em São Paulo. Foto: dafne sampaio_divulgacao.

Enquanto a quente guerra judicial e política nacional consomem os últimos milímetros de um fio de dinamite, as administrações municipais brasileiras já parecem encontrar um consenso ideológico – e em um cenário urbano de pós-guerra, causado por uma grave crise de arrecadação, serviços precarizados e uma nova ordem já estabelecida.

A grande maioria dos prefeitos brasileiros se vê encurralada entre, por um lado; a pressão popular e da opinião pública, os grandes lobbies e interesses que assediam as municipalidades, e por outro; pela falta de instrumentos de gestão pública adequados para responder aos problemas que batem às suas portas diariamente.

Continuar lendo “A nova ordem mundial das cidades, por Fernando Santomauro”

Convocatória aberta para propostas que promovam cidades de baixo carbono

Via Mercocidades.

A organização Low Carbon City abriu recentemente convocatória para o Fundo1 de Cidades de Baixo Carbono, cujo objetivo é promover inovações urbanas que gerem ferramentas de participação e apropriação entre os cidadãos. A iniciativa oferece a oportunidade de os projetos escolhidos participarem do Fórum Mundial de Cidades de Baixo Carbono que ocorrerá nesse ano, entre os dia 10 e 12 de outubro, na cidade de Medellín, Colômbia. A data limite de inscrição é dia 20 de junho de 2016.

Espera-se propostas de cidadãos, empresas, governos, organizações da sociedade civil e universidades, que incluam estratégias de sensibilização, comunicação, formação e promoção de inovações urbanas em diferentes setores.

O comitê de avaliação aceitará apenas trabalhos relacionados a cidades de baixo carbono, priorizando aqueles que trabalhem temáticas como energia, agricultura e alimentação, economia circular, transporte e mobilidade, espaço público, habitação sustentável, educação e campanhas, inovação e tecnologia. Além disso, são bem-vindas palestras individuais e propostas de sessão.

Continuar lendo “Convocatória aberta para propostas que promovam cidades de baixo carbono”