Smart City Expo & World Congress: prefeitos da FNP participam de debates sobre cidades inteligentes

Em busca de conhecer e compartilhar experiências exitosas na área de sustentabilidade, tecnologia e cidades inteligentes, integrantes da diretoria e filiados à Frente Nacional de Prefeitos (FNP) estiveram em Barcelona (Espanha) participando das atividades do Smart City Expo & World Congress. O evento internacional, que teve início na terça-feira, dia 15, reuniu prefeitos, gestores públicos locais, regionais, nacionais e globais, formadores de opinião, instituições acadêmicas, centros de pesquisa, incubadoras, investidores e corporações.

O prefeito de Porto Alegre/RS, José Fortunati, vice-presidente de Relações Institucionais da FNP, participou do grupo de prefeitos brasileiros e foi um dos debatedores na plenária “Enfrentar os desafios emergentes do desenvolvimento urbano sustentável”, promovida na terça-feira. Segundo Fortunati, a participação no Congresso é válida e traz novas perspectivas na elaboração de políticas públicas. “Somente compreendendo a complexidade e diferenças de cada cidade é que podemos implementar boas ideias, e neste encontro compartilhamos novas possibilidades para a construção de cidades integradas e inteligentes”, destacou Fortunati.

Para o prefeito de do Rio de Janeiro/RJ, Eduardo Paes, vice-presidente de Relações com o Congresso Nacional, que também integrou a delegação da FNP, o conceito de cidade inteligente envolve investimento financeiro e comprometimento com a gestão. “Não podemos fazer grandes mudanças sem gastar grandes quantidades de dinheiro. As informações estão disponíveis, as tecnologias também, então as usem da melhor maneira possível. Eu investi muito e gastei muito do meu tempo, enquanto prefeito, para tornar a cidade um pouco mais inteligente”, declarou Paes no debate “O caminho para cidades inteligentes”, promovido pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Ainda segundo Paes, o reconhecimento da capital fluminense como uma cidade inteligente se deve à revitalização do Centro. “Quando me perguntam sobre custos dessas obras, eu prefiro fala mais sobre as tecnologias, informações geradas. O que faz uma cidade inteligente não é a quantidade de câmeras existentes”, acrescentou.

Visitas Técnicas

Além dos debates nas plenárias, os prefeitos brasileiros também participaram de visitas técnicas. O prefeito de Aparecida de Goiânia/GO, Maguito Vilela, vice-presidente Nacional da FNP, conheceu o Ecoparc, um equipamento ambiental dedicado a tratar de forma abrangente resíduos da área metropolitana de Barcelona. “As políticas de gestão de resíduos sólidos podem e devem ser referência para os municípios brasileiros, que precisam, em um futuro bem próximo, dar uma destinação correta a esses resíduos. E Barcelona é um exemplo disso. Aqui os resíduos sólidos são transformados em energia elétrica, em adubos, materiais de construção”, contou.

Os governantes locais brasileiros também tiveram contato com o Transporte Metropolitano de Barcelona (TMB). De acordo com o prefeito de Palmas/TO, Carlos Amastha, o sistema implantado na cidade espanhola oferece boas referências, embora o contexto no Brasil seja “completamente diferente”. “Se nós tivéssemos o recurso à disposição, sem dúvidas nós poderíamos avançar muito mais. Esse tema do transporte deveria ser local, porque afeta o morador, mas, no Brasil, nós sabemos que há uma interferência muito grande do governo federal, que nos traz mais problemas que soluções, daí a importância de se lutar pelo pacto federativo, que é uma bandeira da FNP”, explicou Amastha.

No distrito comercial 22@, que também estava na programação de visitas sugerida pela FNP, o prefeito de Divinópolis/MG, Vladimir Azevedo, vice-presidente de Gestão Pública, ressaltou a importância da experiência na reinvenção do espaço público e revitalização de áreas degradadas para o desenvolvimento da economia criativa em Barcelona. ”O 22@ é uma bela experiência para a expansão do capital local, geração de emprego de qualidade e ao mesmo tempo de internacionalização da cidade. Vale a pena ser conhecida pelos novos prefeitos brasileiros”, disse.

Os prefeitos de Três Rios/RJ, Vinicius Farah, vice-presidente de Desenvolvimento Econômico Local da FNP, e o prefeito eleito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, também estiveram em Barcelona para as atividades do Smart City Expo & World Congress.

Os custos da viagem são financiados pelo convênio da FNP com Smart City Expo & World Congress.


Fonte: Frente Nacional de Prefeitos (FNP).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s