Cúpula mundial de prefeitos finaliza com adoção do compromisso e da agenda de ação de Bogotá

No dia 15 de outubro, a Cúpula Mundial de Líderes Locais e Regionais celebrou seu último dia de encontro com a reunião do Conselho Mundial da CGLU, na qual se aprovou a declaração “O Compromisso e a Agenda de Ação de Bogotá”. Esta ambiciosa agenda política orientará as prioridades e preocupações dos líderes locais e regionais nos debates internacionais e o trabalho de seus membros ao longo dos próximos anos.

O documento é o resultado de um extenso e profundo processo de consulta entre os membros da CGLU de todo o mundo. Estas consultas incluíram os debates realizados como parte das negociações globais, tais como a Agenda 2030 e Habitat III, assim como aqueles debates feitos pela CGLU como parte da pesquisa realizada para o IV relatório do Observatório Global da Democracia Local e da Descentralização (GOLD IV), “Co-criando o Futuro Urbano”.

O Compromisso de Bogotá afirma que os desafios globais atuais representam uma oportunidade sem precedentes para conduzir o desenvolvimento sustentável, e que os governos locais e regionais “necessitarão se situar no centro do processo político, e converter os ideais normativos em políticas concretas e investimentos práticos que transformarão os assentamentos humanos na primeira força de uma nova era sustentável”. Além disso, o documento propõe que “as respostas geradas pelos assentamentos urbanos e os territórios pavimentarão o caminho para obter soluções globais”.

Por outro lado, a Agenda de Ação de Bogotá agrega uma série de ações locais, nacionais e globais que serão necessárias para alcançar as maiores agendas globais de desenvolvimento sustentável, incluindo a Agenda 2030, o Acordo de Paris sobre Mudança Climática, e a Nova Agenda Urbana, concluída na Habitat III.

“O Compromisso e a Agenda de Ação de Bogotá” é a contribuição da CGLU ao debate global sobre desenvolvimento sustentável, e complementa a Declaração da Assembleia Global de Governos Locais e Regionais na Habitat III, adotada em 14 de outubro.

América Latina
A seção latino-americana da CGLU  assinou em 14 de outubro, em Bogotá, o “Acordo Latino-Americano de Unidade na Diversidade”, em que assumiu o compromisso de fortalecer os processos de descentralização e implementação da Nova Agenda Urbana e da Agenda 2030 nos municípios da América Latina e do Caribe.

Entre as linhas de trabalho estabelecidas se destaca o esforço de incentivar a Coordenação de Autoridades Locais da América Latina pela Unidade na Diversidade (CORDIAL).


Fonte: Mercocidades (com alterações).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s