Belo Horizonte promove “Café da Manhã Urbano” pensando na Habitat III

Autoridades municipais, arquitetos, acadêmicos e representantes de diversas instituições de classes discutiram, na quarta-feira, 5, em Belo Horizonte/MG, quais os potenciais e desafios da cidade para a implementação da Nova Agenda Urbana, documento de ação a ser aprovado por diversos países na Conferência das Nações Unidas sobre Moradia e Desenvolvimento Urbano Sustentável, a “Habitat III”, que acontecerá de 17 a 20 de outubro, em Quito, no Equador.

Intitulados “Cafés da Manhã Urbanos” são eventos oficiais do Secretariado da Conferência Habitat III, em parceria com prefeituras do mundo inteiro, para que gestores urbanos se apropriem da Nova Agenda Urbana, entendam as suas diretrizes e contribuam, então, com a sua implementação localmente nas mais diversas perspectivas.

Belo Horizonte escolheu como enfoque a discussão sobre “Cidades Prósperas na Nova Agenda Urbana” e proporcionou aos participantes uma reflexão sobre como a cidade pode se desenvolver economicamente, melhorar infraestrutura, ordenamento territorial, formar e reter talentos e ser mais atrativa, preocupando-se em igual escala com a sustentabilidade, a inclusão social e em melhorar a experiência do cidadão com a própria cidade, promovendo assim a qualidade de vida para seus moradores.

Para iniciar o debate, a representante do secretariado da Habitat III para a América do Sul, Marja Edelman, contextualizou o momento que estamos vivendo e todas as etapas concluídas para que o documento final da Nova Agenda Urbana fosse finalizado. Edelman falou também dos resultados das Conferências Habitat I e II que aconteceram em Vancouver e Istambul, respectivamente, há 40 e 20 anos.

Após a contextualização, contribuíram com o debate o Embaixador Paulo Miranda, chefe do Escritório de Representação do Itamaraty em Minas Gerais, Leonardo Castro e Stephania Aleixo, secretários municipais de Desenvolvimento e Relações Internacionais da prefeitura de Belo Horizonte, Fábio Veras, da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais, Bruno Hermann e Lívia Monteiro, da secretaria municipal adjunta de Planejamento Urbano.

A Habitat III será uma oportunidade para debater e projetar novos caminhos que permitam responder aos desafios da urbanização e pensar estratégias para a implementação de objetivos do desenvolvimento sustentável. A conferência pretende reunir diferentes atores urbanos, tais como governos, autoridades locais, sociedade civil, setor privado e instituições acadêmicas, que revisarão as políticas urbanas e de moradia relacionadas ao futuro das cidades.


Fonte: Frente Nacional de Prefeitos (FNP).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s