CGLU chama a atenção para que a Nova Agenda Urbana empodere mulheres

A temática de igualdade de gênero e empoderamento de mulheres tem se destacado entre os assuntos que serão abordados nas discussões para construção da Nova Agenda Urbana desenvolvida no 5º Congresso da Cúpula Mundial da Organização Mundial Cidades e Governos Locais Unidos (CGLU). O evento será em Bogotá, capital da Colômbia, de 12 a 15 de outubro.

Os temas abordados no 5º Congresso da CGLU estão em convergência e dialogam com aqueles a serem compreendidos pela Conferência das Nações Unidas sobre Habitação e Desenvolvimento Urbano Sustentável, a Habitat III, que irá se realizar de 17 a 20 de outubro na cidade de Quito, capital do Equador.

A CGLU destacou que as mulheres ocupam apenas 20% dos cargos executivos e legislativos do âmbito municipal e estão à frente somente de 5% das prefeituras de todo o mundo. No Brasil, atualmente, 12% das prefeitas são mulheres. Apesar de estar acima da média mundial, esse número ainda é muito baixo.

Além de aumentar o número de mulheres nas posições de lideranças locais e regionais, a organização destaca que é preciso mais que isso, como o aumento da participação de mulheres na vida econômica, cultural e política.

A prefeita de Paris e co-presidente da CGLU, Anne Hidalgo, afirma que “a construção da democracia não pode ser entendida sem a participação ativa das mulheres”. A organização mundial também emitiu um relatório com o nome de Do 5º ODS a Hábitat III: o papel dos governos locais em promover a equidade de gênero para a sustentabilidade, que apresenta discurso sobre a importância do papel da mulher nas agendas globais.

5º Congresso Mundial CGLU

No congresso mundial serão debatidas as questões mais urgentes no que diz respeito à governança local, sustentabilidade urbana e soluções implementadas em âmbito local. Os assuntos serão abordados dentro de inúmeros atos como plenárias, foros políticos e atividades de intercambio em rede com os líderes presentes.

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) reforça a importância da participação de todos os gestores, tendo em vista que o evento reúne mais de 3 mil representantes de cidades, metrópoles, regiões, da sociedade civil e do universo empresarial e acadêmico de diferentes partes do mundo.

A CNM também ressalta que o evento é um ponto de encontro de referência para todos os líderes e responsáveis locais e regionais, onde compartilham experiências e interagem sobre diferentes temas. Dentro da programação oficial do congresso ocorrerá um encontro entre todas as mulheres eleitas a nível municipal.

Clique aqui para acessar o relatório, disponível em inglês.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s