União das duas maiores coalizões globais de cidades pelo clima impulsiona ação local

Pacto Global de Prefeitos para Clima e Energia irá combinar esforços e lideranças para acelerar a ação climática local mundialmente

As duas principais iniciativas para clima e energia lideradas por cidades, o Covenant of Mayors Europeu e o Compacto de Prefeitos (Compact of Mayors), anunciaram em junho a formação de uma nova iniciativa global de cidades e governos locais que estão na vanguarda do combate à mudança do clima.

De forma inédita, a iniciativa irá formar a maior coalizão global de cidades comprometidas com a liderança para o desenvolvimento de baixo carbono, consolidada nos compromissos de mais de 7.100 cidades de 119 países e seis continentes, representando mais de 600 mil habitantes, cerca de 8% da população global. Seu objetivo é promover e apoiar as ações voluntárias para o combate à mudança do clima e a transição para uma economia de baixo carbono.

O lançamento do Pacto Global de Prefeitos para Clima e Energia ocorreu seis meses após a histórica conferência climática de Paris, na qual as cidades desempenharam um papel crucial na defesa de um acordo global ambicioso, e representa uma reação histórica e poderosa dos líderes locais às urgentes mudanças climáticas.

O Covenant of Mayors Europeu foi lançado em 2008 pela União Europeia após a adoção do Pacote da União Europeia para Clima e Energia 2020. O Compacto de Prefeitos foi lançado em Setembro de 2014 pelo Secretário Geral das Nações Unidas Ban Ki-moon, seu Enviado Especial para Cidades e Mudanças Climáticas Michael R. Bloomberg e as redes globais de cidades C40, ICLEI e CGLU. Ambas as iniciativas apoiam os governos locais participantes a adotar metas ambiciosas de redução de emissões, implementar ações para atingir os objetivos e medir e reportar o seu progresso de forma pública e transparente.

O Vice-Presidente da Comissão Europeia, Maroš Šefčovič, afirmou: “O Covenant of Mayors Europeu mostra que quando líderes locais compartilham uma visão de futuro de baixo carbono e arregaçam as mangas, as coisas são feitas. De baixo para cima, e perto dos cidadãos: essa é a força do Covenant Europeu. A partir de hoje, essa será a força do Pacto Global de Prefeitos para Clima e Energia, uma coalizão que é realmente única no cenário global. Nunca antes tantas cidades uniram forças, ávidas para inspirar umas as outras e comprometidas a tomar coletivamente o caminho rumo a uma sociedade resiliente e de baixo carbono.”.

“Hoje, as cidades ao redor do mundo estão unindo esforços para combater a mudança do clima, juntos em uma única iniciativa global, algo que nunca aconteceu antes”, declarou o Enviado Especial do Secretário Geral das Nações Unidas para Cidades e Mudanças Climáticas Michael R. Bloomberg, que irá co-presidir o novo Pacto Global de Prefeitos para Clima e Energia. “Na unidade está a força, e este novo Pacto Global de Prefeitos para Clima e Energia irá ajudar a acelerar o progresso que as cidades estão fazendo e ampliar sua influência no cenário global. Este é um enorme avanço no trabalho para atingir os objetivos que as nações acordaram em Paris.”

A combinação das duas iniciativas irá agilizar e consolidar os esforços para aumentar o impacto coletivo de ação das cidades, e criar um impulso ainda maior para a ação climática conduzida a nível local. Uma coalizão única irá também simplificar a participação das cidades, livrando-as para que se concentrem em um único compromisso, com relevância local e impacto global. Além disso, irá assegurar maior clareza para as cidades e dados mais consistentes e comparáveis – permitindo que investidores percebam que os impactos das ações locais adotadas são verificáveis, duradouros e um ótimo investimento.

Uma plataforma comum reunirá dados relevantes sobre as ações locais de clima e energia que são reportadas à plataforma do Covenant of Mayors Europeu e às plataformas do Compacto de Prefeitos (CDP Cities e Registro Climático Carbonn). Essa plataforma permitirá que as cidades comparem entre si seu progresso e resultados, que também serão publicados no site do novo Pacto Global que estará no ar a partir de Janeiro de 2017.

Além de permitir maior colaboração entre cidades em todo o mundo, preenchendo lacunas e construindo conexões, a iniciativa vai aumentar a oferta de financiamento para apoiar e capacitar as cidades na ação local pelo clima e energia renovável. Essa fusão vai aproveitar os poderes de mobilização e de investimento da União Europeia e da Bloomberg Philanthropies, bem como das redes de cidades globais parceiras de cada iniciativa – incluindo C40, ICLEI, CGLU, Eurocities, Energy Cities e Climate Alliance – possibilitando presença e visibilidade mais fortes das autoridades locais no contínuo trabalho da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC).


Fonte: ICLEI.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s