Anunciados os ganhadores da Segunda Edição do Prêmio Internacional CGLU – Cidade do México – Cultura 21

Via Projeto AL-LAs (tradução nossa).

Os projetos de Tombuctú (Malí) e Vaudreuil-Dorian (Canadá) foram reconhecidos na categoria “Cidade”, enquanto o autor e editor galês Jon Hawkes e a socióloga boliviana Silvia Rivera Cusicanqui obtiveram o reconhecimento na categoria “Personalidade”.

1

Na sua segunda edição, o Prêmio Internacional CGLU – Ciudad de México – Cultura 21 reconheceu na categoria de “cidade” os projetos culturais implementados por Tombuctú (Malí) e Vaudreuil-Dorion (Canadá), assim como Jon Hawkes e Silvia Rivera Cusicanqui na categoria de “personalidade”.

Na categoria de “cidade, governo local ou regional” foram recebidas 83 candidaturas, provenientes dos cinco continentes, de projetos que integram os valores da Agenda 21 da Cultura e que contribuem para integrar o patrimônio, a diversidade, a criatividade e a transmissão de conhecimentos à governança democrática, à participação cidadã e ao desenvolvimento sustentável.

Nesta edição, o reconhecimento foi compartilhado por duas cidades, sendo que cada uma receberá a metade do prêmio total, correspondendo a 25.000 euros:

1.png

2.png

Por sua vez, a categoria de “personalidade”, que reconhece uma personalidade destacada por seu auxílio ao fortalecimento da relação entre cultura e desenvolvimento sustentável, será divida em partes iguais (12.500 euros) entre:

  • Jon Hawkes: vem contribuindo para a transformação do conceito de política pública, ao propor que a cultura deve ser considerada no mesmo nível que os três pilares tradicionais da sustentabilidade (desenvolvimento econômico, social e ecológico).

3.png

  • Silvia Rivera Cusicanqui: Socióloga e ativista boliviana, que vem trabalhando pelo fortalecimento da identidade e movimentos sociais indígenas e populares, principalmente na região aymara.

4.png

O Prêmio também reconheceu os projetos de cinco cidades com menção honrosa:

  • Busan (República da Coreia): Programa “Totatoga – Polo cultural do centro histórico”
  • Dakar (Senegal): Programa “Escola dos comuns”
  • Kaunas (Lituânia): Projeto “O campo de repolho Šančiai. A pequena escala procura uma grande transformação”
  • Lago Megantic (Quebec, Canadá): Programa “Reconstruir Lago Megantic”
  • Montevidéu (Uruguai): Programa “Centro Cívico de Co-gestão Cultural SACUDE”

Os resultados foram anunciados na reunião do Comitê Executivo da CGLU 2016 (formado por 115 cidades), que ocorreu entre os dias 25 e 28 de maio em Kazán, Rússia, por Eduardo Vázquez Martín, Secretário de Cultura da Cidade do México e co-Presidente da Comissão de Cultura da CGLU, cargo que compartilha com o prefeito da cidade russa sede da reunião, Ilsur Metshin.

Na primeira edição da premiação, a cidade de Belo Horizonte foi selecionada dentre os outros 56 municípios participantes por seu programa “Arena de Cultura”. Com este programa, criado em 1998, a Prefeitura de Belo Horizonte impulsionou a democratização de bens e serviços culturais para reduzir as desigualdades sociais; já a categoria de “personalidade” reconheceu Farida Shaheed e Manuel Castells.

O Prêmio faz parte do compromisso da Cidade do México assumido em 2010 através da declaração da CGLU “A cultura é o quarto pilar do desenvolvimento sustentável”, que busca promover a cultura como motor e pilar do desenvolvimento sustentável das cidades. A premiação tem por objetivo incentivar os governos locais a adotarem os princípios da Agenda 21 da Cultura. A cerimônia de premiação ocorrerá no mês de outubro na Cidade do México.

Acesse aqui o comunicado oficial 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s