A segurança cidadã com uma visão integral é tema de discussão em Tandil

Via Mercocidades.

1Com a presença de representantes de cidades de Argentina, Brasil, Bolívia, Venezuela, Peru e Uruguai, ocorreu nos dias 5 e 6 de maio, em Tandil, a reunião da Unidade Temática de Segurança Cidadã de Mercocidades. O encontro se propôs a refletir sobre a segurança cidadã com base em cinco eixos temáticos: as assimetrias na legislação, a prevenção situacional-ambiental, a prevenção sócio-comunitária, o papel dos meios de comunicação e o atendimento às vítimas.

O encontro teve por objetivo trocar experiências de ação realizadas pelos distintos governos e debater acerca do papel que devem ter as cidades na prevenção integral como eixo central da segurança cidadã. O último dia contou ainda com a participação de Jorge Luis Vidal, assessor da Prefeitura de Medellín, Colômbia, que expôs suas experiências na luta contra o narcotráfico.

O ato inaugural ocorreu na quinta-feira, dia 5, pela manhã, no Salão Blanco do Palácio Municipal e esteve encabeçado pelo prefeito Miguel Lunghi, pelo secretário de Proteção Cidadã Atilio Della Maggiora e pelo especialista Mariano Ciafardini, que foi diretor Nacional de Política Criminal do Ministério de Justiça da Nação e quem fez a primeira exposição.

Em seu discurso, o Prefeito anfitrião expressou que “sem dúvida, as problemáticas de nossos governos locais se assemelham e cada vez mais nos obrigam a encontrar novos pontos de coincidência e uma agenda comum, que permitam elevar a outras instâncias de nossos Estados Nacionais, ou à própria estrutura do MERCOSUL, nossas necessidades, demandas e propostas. Somos nós, os intendentes e prefeitos das cidades, os que recebem diariamente as necessidades da população, os que devem dar resposta aos excluídos de nossa sociedade, os que devem planejar instrumentos de política local que permitam construir uma sociedade mais justa e equitativa”.

Em outra parte de sua fala, Lunghi manifestou: “estamos reunidos hoje com a firme convicção que é necessário e urgente aprofundar a integração regional, promovendo ações políticas comuns a favor do desenvolvimento, incentivando os direitos sociais, a proteção do ambiente, o respeito às identidades nacionais e o fortalecimento da democracia participativa. E é necessário e urgente que a partir das visões locais aprofundemos um debate vinculado a um tema tão sensível para nossos habitantes, como é o de prevenir a violência e a criminalidade, que não é outra coisa senão delinear cada vez mais políticas e ações de integração. Como dizemos em nossa Rede, as cidades do futuro são os desafios do presente. E um deles é, sem dúvida, lutar e trabalhar em prol de comunidades cada dia mais seguras”.

O encontro além de abrir o diálogo, avançar em propostas e trocar experiências, tem por objetivo formular as bases de uma publicação sobre a temática com enfoque regional.

Na reunião participam representantes de La Paz (Bolívia), São Paulo (Brasil), Parcona e Santiago (Peru), Montevidéu e Lavalleja (Uruguai), Valencia (Venezuela), Buenos Aires, Balcarce, Quilmes, Córdoba, Rafaela, Avellaneda, Aguilares e Tandil (Argentina).

Fonte: Municipalidade de Tandil 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s