Municípios de Mercocidades concorrem ao “Prêmio Internacional CGLU – Cidade do México – Cultura 21”

Via Mercocidades.

1Diversos municípios da Rede de Mercocidades, motivados pela Unidade Temática de Cultura, se candidataram para participar do Prêmio Internacional de Cidades e Governos Locais Unidos (CGLU) “Cultura 21”. Apresentaram projetos as cidades de Azul, Córdoba, Mar del Plata e Rosário (Argentina); Montevidéu (Uruguai); La Paz (Bolívia); Puno (Peru); Coquimbo e Peñalolén (Chile); e Canoas, Curitiba, Florianópolis, Rio de Janeiro e Salvador (Brasil).

O Prêmio tem como objetivo reconhecer cidades e personalidades líderes que tenham se destacado em sua colaboração à cultura como pilar do desenvolvimento sustentável.

Na categoria Cidade / Governo Local ou Regional o prêmio agraciará um vencedor a partir de um processo competitivo de convocatória aberta, por propor uma política, um programa ou um projeto original, que inclua explicitamente os princípios da Agenda 21 da Cultura. A ação premiada deverá contar com pelo menos dois anos de execução e demonstrar provas do impacto e êxitos atingidos durante esse período.

A cidade ganhadora receberá um troféu produzido por um artista da Cidade do México, acompanhado de um reconhecimento assinado pelo Chefe de Governo da Cidade do México e pelo Presidente da CGLU. Ademais, o projeto apresentado pela cidade ganhadora receberá a quantia de 50.000 euros, que serão utilizados para sua promoção internacional (publicação de um livro, participação em fóruns, visibilidade internacional) e para reforçar a implementação local da Agenda 21 da Cultura.

O jurado poderá optar por premiar uma só cidade ou decidir que o prêmio (e sua dotação) seja compartilhado por mais de uma cidade. Também poderá reconhecer como uma “boa prática em cultura e cidades sustentáveis” todos os projetos que considere necessários. Estes projetos serão difundidos mundialmente pela Comissão de Cultura da CGLU.

A primeira edição do “Prêmio Internacional CGLU – Cidade do México – Cultura 21” ocorreu entre 5 de junho de 2013 e 11 de novembro de 2014. O ganhador foi a cidade de Belo Horizonte e seu projeto “Arena Cultura – Programa de formação artística e cultural”. Além disso, as cidades de Hannover e Ouagadougou receberam uma menção especial, e o prêmio “personalidade” foi outorgado ex aequo a Manuel Castells e Farida Shaheed.

Essa iniciativa realizada por cidades membro da Rede se enquadra dentro de alguns dos objetivos da Unidade Temática de Cultura relacionados ao aprofundamento dos laços existentes entre Mercocidades e a Comissão de Cultura da CGLU. Visa ainda promover a Agenda 21 da Cultura entre os membros e propiciar a troca de boas práticas entre cidades.

Em maio de 2016 os ganhadores serão anunciados.

Acesse o site do evento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s