Países da região lançam plataforma digital de cinema latino-americano

Via Mercocidades.

retina.jpgNo dia 4 de março, seis países da região divulgaram a chamada “Retina Latina”, como a primeira plataforma digital de difusão e promoção do cinema latino-americano. Esta iniciativa permite aos cidadãos da região ter acesso ao cinema de Bolívia, Equador, Peru, México, Uruguai e Colômbia de forma gratuita.

O projeto é desenvolvido por seis instituições cinematográficas: CONACINE da Bolívia, CNCINE do Equador, Ministério de Cultura do Peru, IMCINE do México, ICAU do Uruguai, e o Ministério de Cultura da Colômbia. Além disso, conta com o apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Proimágenes Colômbia como organismo executor, e a colaboração da Conferência de Autoridades Cinematográficas da América Latina (CACI, na sigla em espanhol).A grande aposta da plataforma Retina Latina é gerar uma efetiva rede de intercâmbio entre obras, agentes da indústria e os próprios usuários. O novo espaço, além de permitir o acesso a filmes, oferece informação e atualidade do cinema da região. Também visa o crescimento do curta-metragem e do gênero documentário.

Os governos locais têm incentivado políticas de fomento da indústria cinematográfica, e como consequência conseguiram uma grande concentração de obras nacionais exitosas. Entretanto, as mesmas não são exibidas em mercados vizinhos. Uma das principais causas que determina essa situação é a ausência de canais de informação que possibilitem o conhecimento dos espectadores sobre a existência, disponibilidade e qualidade dos produtos audiovisuais da região. Por isso, um dos objetivos da plataforma é gerar uma nova janela de exibição dos materiais, tanto para os latino-americanos como para o resto do mundo.

A exibição cinematográfica em todos os países é dominada pelo sistema de produção, circulação e exibição de Hollywood. Neste sentido, as instituições cinematográficas dos países organizadores propuseram a plataforma on-line a fim de atrair novos públicos a nossa cinematografia e formar uma grande comunidade cinéfila latino-americana.

Com a iniciativa, busca-se também um crescimento do curta-metragem e do gênero documentário, por isso a plataforma conta com a colaboração de DOCT Latino-América, importante e maior programa de produção e tele-difusão do documentário latino-americano, integrado por 17 países latino-americanos.

Conheça melhor a plataforma aqui!

Fonte: Nodal cultura – Notícias da América Latina e do Caribe

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s