Dia da Lembrança do Tráfico de Escravos e de sua Abolição

                                        A celebração do ‘Dia da Lembrança do Tráfico de Escravos e de sua Abolição’ é uma data que pretende lembrar (ou não fazer esquecer) as populações da tragédia e desumanidade que foi o tráfico de escravos.

A data de 23 de agosto foi estabelecida em 1997, durante a 29ª Sessão da UNESCO. No mesmo dia, mas no ano de 1791, na ilha onde estão localizados Haiti e República Dominicana, uma sublevação desencadeou a Revolução Haitiana – processo que teve papel fundamental na abolição do comércio transatlântico de escravos.

O ‘Dia da Lembrança do Tráfico de Escravos e de sua Abolição’ também se alinha ao objetivo da Década Internacional de Afrodescendentes* de promover o conhecimento e o respeito à contribuição dos afrodescendentes para a diversidade cultural e o desenvolvimento das sociedades. Além de ser uma data para lembrar o triste passado escravocrata, também é importante para enfatizar que mesmo nos dias atuais o tráfico de pessoais ainda existe em diferentes escalas, em todo o mundo.

abolição

A UNESCO também desenvolve outras atividades para ensinar, comunicar e transmitir a história dos povos que sofreram com a escravidão, a partir do Projeto Rota do Escravo e da Coleção ‘História Geral da África’, que há 20 anos é uma importante ferramenta para escolas e proteção de sítios memoriais na luta contra o racismo, discriminação e fortalecimento dos direitos afrodescendentes. É essencial lembrar que a escravidão criou vínculos ligando diferentes povos e continentes, criando diferentes histórias e identidades.

Deve-se ressaltar que a data se torna um ato simbólico bastante relevante aos brasileiros – sejam afrodescendentes ou não – ao resgatar a memória e a história do país na tentativa de conscientização para que as diferentes gerações busquem um país e um mundo mais inclusivo e diverso, para o caminho da paz.

* Com início em 1º de janeiro de 2015 e fim em 31 de dezembro de 2024, com o tema: “Afrodescendentes: reconhecimento, justiça e desenvolvimento”.

Fontes:

http://www.unesco.org/new/pt/brasilia/about-this-office/single-view/news/message_for_the_international_day_for_the_remembrance_of_the_slave_trade_and_its_abolition/#.VdTXp7JVhHx

http://site.adital.com.br/site/noticia.php?lang=PT&cod=77101

http://www.unilab.edu.br/noticias/2014/03/24/feriado-estadual-de-25-de-marco-lembra-abolicao-dos-escravos-no-ceara/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s