Chefes de Estados e Líderes Indígenas participam da Conferência Mundial sobre Povos Indígenas, em Nova Iorque

Em 4 dias de encontros, os avanços na saúde e educação de populações indígenas e a Agenda de Desenvolvimento Pós-2015 foram os destaques

Entre os dias 22 e 25 de setembro, em Nova Iorque, aconteceu a Conferência Mundial sobre Povos Indígenas e a Cúpula sobre o Clima. A semana foi acompanhada de perto pela Secretária Executiva da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL), Alicia Bárcena, que também esteve presente com o Secretário Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, em reuniões bilaterais com vários presidentes da América Latina.

Durante a semana da Conferência foram mencionados os dois últimos trabalhos da CEPAL em uma coletiva de imprensa fechada: Os povos indígenas na América Latina: avanços na última década e objetivos pendentes para a garantia de seus direitos; e A economia e as mudanças climáticas na América Latina e no Caribe: paradoxos e desafios.

Os esforços efetuados por Bolívia e Equador na busca por melhores condições para suas comunidades indígenas foram destacados, assim como a implementação de políticas públicas pensadas para as populações indígenas pelo México. Os indicadores de avanços aos serviços de saúde pelas populações indígenas apresentaram melhorias nos nove países com dados disponíveis. Na educação, os números de comparecimento escolar também apresentaram melhorias na faixa de 6 a 11 anos. Contudo, grandes diferenças ainda persistem quando a comparação é feita com base na educação média e superior.

Diversos chefes de estado participaram do encontro, no qual foram discutidos o reconhecimento do direito territorial dos povos indígenas e os conflitos com extratores. Estiveram presentes: Evo Morales- Bolívia, Dilma Rousseff- Brasil, Michelle Bachelet- Chile, Juan Manuel Santos- Colômbia, Juan Orlando Hernández- Honduras, Enrique Peña Nieto- México, Ollanta Humala- Peru, Juan Carlos Varelas- Panamá, além do Ministro das Relações Exteriores de Cuba, Bruno Rodríguez Parrilla.

Outro destaque da Conferência foi a presença de líderes indígenas, que comentaram os principais resultados do informe sobre esta parcela da população. Cabe destacar entre os nomes David Choquehuanca, Ministro das Relações Exteriores do Estado Plurinacional da Bolívia, Rigoberta Menchú, Prêmio Nobel da Paz, Alvaro Pop, membro do Fórum Permanente para as Questões Indígenas, e Mirna Cunningham, ex Presidenta do Fórum Permanente para as Questões Indígenas.

Um documento que oriente para a ação e implementação dos direitos dos Povos Indígenas, preparado pelo presidente da Assembleia Geral, e com base em uma consulta com os Países membros e os povos indígenas, será um dos resultados desta Conferência Mundial.

IMAGEM_blog1 IMAGEM_blog2

Fotos: http://fotospublicas.com/abertura-da-conferencia-mundial-sobre-os-povos-indigenas/

Fonte: http://www.cepal.org/

Fonte: http://agenciabrasil.ebc.com.br/internacional/noticia/2014-09/povos-indigenas-e-clima-serao-discutidos-antes-da-69a-assembleia-geral

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s