4a edição da revista digital TIP aborda o papel da paradiplomacia na superação de problemas de segurança humana

A revista digital TIP (Trabajos de Investigación em Paradiplomacia) aborda nesta 4a edição como a paradiplomacia pode ajudar no fortalecimento da segurança humana

A revista digital TIP (Trabajos de Investigación em Paradiplomacia) é uma publicação trimestral para a difusão de trabalhos de pesquisa sobre a atuação internacional de governos subnacionais e os avanços da cooperação internacional descentralizada. Para os que pesquisam, trabalham ou mesmo são curiosos do tema, esta é uma ótima fonte de conteúdo. A quarta edição da TIP está repleta de artigos que abordam a questão da segurança humana e como seu fortalecimento pode garantir o desenvolvimento e a prosperidade dos países e de suas populações. A possibilidade de encontrar solução para a insegurança na paradiplomacia, na cooperação descentralizada e na cooperação entre fronteiras são temas presentes nesta edição.

Para Markus Gottsbacher, Oficial de Programas do Centro de Pesquisa para o Desenvolvimento Internacional (International Development Research CentreIDRC), os problemas de segurança que muitos países enfrentam estão muitas vezes fora do alcance de poder dos Estados, e por este motivo os esforços para a garantia da segurança não devem partir somente deles. Persiste a necessidade de uma maior participação cidadã que englobe as populações mais vulneráveis, ajudando na superação de problemas de ilegalidade, ilicitude e criminalidade. A parte da população que mais sofre com a violência vive excluída socialmente, em zonas de periferia ou zonas de fronteira. Os direitos destas pessoas se tornam mais vulneráveis com a inequidade e desigualdade, e os sistemas débeis de educação e saúde manifestam esta exclusão social.

Faz-se necessária a conscientização das elites político-intelectuais locais, regionais, nacionais e internacionais. A garantia da segurança depende muito da compreensão destas elites de que uma sociedade equitativa e que respeite os direitos humanos é um desafio a se cumprir. Uma participação de baixo para cima, que envolva as diferentes elites que representam os níveis do Estado, tem o papel de fortalecer a cidadania por meio de políticas de participação que fortalecem a governança em matéria de segurança, comenta Gottsbacher na apresentação da quarta edição.TIP4

Entre os artigos da edição mais recente da TIP estão Bianca Elena Gómez García falando do binômio Segurança-Desenvolvimento, Fernando Carrión Mena abordando a questão da violência fronteiriça, Marco Aurélio Machado de Oliveira e Fábio Machado da Silva com um estudo de identidade fronteiriça e a questão da paradiplomacia na fronteira do Brasil-Bolívia, José María Ramos García e os desafios da cooperação descentralizada na fronteira México-Estados Unidos para o desenvolvimento transfronteiriço, Joelle Deschamps e a relação Chiapas-ONU – nova política de combate a pobreza e Eduardo Crivelli Minutti abordando a cooperação descentralizada na luta contra a máfia.

A versão completa da revista você encontra em: http://bit.ly/1lXObsH

Anúncios

Um comentário em “4a edição da revista digital TIP aborda o papel da paradiplomacia na superação de problemas de segurança humana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s