Observatório dos Consórcios Públicos e do Federalismo realiza colóquio sobre Integração Sul-Americana

No dia 18 de julho de 2014, o Observatório dos Consórcios Públicos e do Federalismo realizou o Colóquio Interno Mercosul e Unasul: Desafios e Avanços da Integração Sul-Americana no Século XXI, dando continuidade aos trabalhos do II Ciclo de Estudos sobre Federalismos Latino-Americanos

Vicente Trevas, Secretário Adjunto de Relações Internacionais e Federativas da Prefeitura de São Paulo e membro da Coordenação Técnica do OCF deu inicio aos trabalhos com exposição sobre o tema A atual conjuntura da integração sul-americana.

Mercosul_Anasul

O Consultor do OCPF, Vitor Stuart G. de Pieri, Doutor em Geografia das Relações Internacionais pela UNICAMP e Mestre em Relações Internacionais pela Universidade de Bolonha, na sequência, fez uma apresentação sobre o histórico de iniciativas para a integração dos países da América do Sul, com destaque para o atual papel do Mercosul e UNASUL.

Estiveram presentes representantes das Prefeituras de Limeira,  Osasco, São Bernardo e São Paulo, representantes de Consórcios Públicos e de entidades parceiras, como ASSEMAE, e interessados no tema.

 

 

 

 

ICLEI faz chamamento para apresentação de boas práticas

Rede abre inscrições para que cidades membro apresentem suas boas práticas em 10 temas de sustentabilidade urbana para publicação. Inscrições até o dia 25 de julho. 

A Rede ICLEI acaba de abrir chamamento para que cidades latino-americanas compartilhem suas boas práticas em 10 temas sobre sustentabilidade urbana. A rede lançará, em parceria com a Fundação Konrad Adenauera, a publicação Sustentabilidade Urbana: 10 casos de boas práticas da América Latina durante a 20ª Conferência das Partes da Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP 20), em dezembro de 2014 na capital do Peru.

A publicação apresentará casos concretos de sustentabilidade urbana em distintos recortes temáticos para inspirar cidades da região e do mundo a repensar seus padrões de desenvolvimento. Cidades  interessadas devem enviar suas boas práticas até o dia 25 de julho.

Para mais informações, acesse a chamada e o formulário aqui.

Embaixada britânica lança programa que custeará viagens de exploração técnica

Gestores (as) municipais podem inscrever uma iniciativa até o dia 1 de agosto para o Diálogos de Inovação. Duas cidades brasileiras serão escolhidas. 

Programa lançado pela embaixada britânica, O Diálogos de Inovação tem como objetivo estreitar a cooperação bilateral entre Inglaterra e Brasil no tema de soluções inovadoras para cidades sustentáveis .

Uma das iniciativas do projeto é o financiamento de uma viagem de exploração técnica para gestores brasileiros, entre os dias 22 e 26 de setembro, nas áreas de transporte e mobilidade urbana, resíduos, energias renováveis, ambiente construído e infraestrutura inteligente e resiliente.

Duas cidades brasileiras serão contempladas. Todos os custos de viagem e estadia serão bancados pela Embaixada. Cada cidade só pode participar com uma candidatura, a qual deve ser chancelada pelo(a) prefeito(a). O formulário pode ser preenchido em português. Mas o(a) candidato(a) tem que ser fluente em inglês. O prazo de inscrição é 1 de agosto até às 18h.

Mais informações: http://www.usefulsimpleprojects.co.uk/cidadescompeticao/

A rede WeGo chama cidades para mostrar suas práticas inovadoras em governança eletrônica e participação

Até o dia 31 de julho municípios interessados podem participar do prêmio WeGO e inscrever até duas iniciativas   

Cidades com experiências inovadoras em governança eletrônica podem se inscrever ao prêmio da rede  WeGO(World E-Governments Organization) até o dia 31 de julho.

A iniciativa objetiva  reconhecer e promover práticas inovadoras de cidades e organizações públicas que utilizem a governança eletrônica em prol da eficiência administrativa e do acesso de cidadãos aos serviços públicos.

As cinco categorias em que os projetos podem ser inscritos são: Serviços, Eficiência, Cidade aberta, Administração Urbana e Divisão Digital. Cada cidade pode inscrever até dois projetos em categorias diferentes.

Se o seu município tem ações focadas nesta temática, o blog do FONARI disponibiliza aqui o chamamento para o prêmio.

Sobre a WeGO                                                                                                                    

Organização internacional entre cidades e governos locais para a promoção da governança eletrônica e a transparência da administração pública. A rede iniciou as atividades em 2010 e tem como sede Seul.

São membros da rede as cidades de Paris, Frankfurt, Amsterdã, Barcelona, São Paulo, Berlim, Cidade do México, São Francisco, Edmonton, Lisboa, Tel Aviv, Addis Ababa, Nairobi, Chengdu e Hong Kong.

Guarulhos participa do Fórum Mundial de Cidades pelos Direitos Humanos na Coreia do Sul

Cidade discutiu Direitos Humanos e o papel dos governos locais na cidade de  Gwangju entre os dias 15 e 18 maio.    

A prefeitura de Guarulhos marcou presença no Fórum Mundial de Cidades pelos Direitos Humanos. Renata Boulos,  coordenadora de Relações Internacionais do município de Guarulhos, participou entre os dias 15 e 18 de maio das atividades realizadas em Gwangju, na Coréia do Sul. O Fórum é organizado anualmente pela Cidade Metropolitana de Gwangju, em cooperação com o Centro Internacional de Gwangjue a Fundação Coreana de Direitos Humanos.

Sob o tema “Para uma Aliança Global de Direitos Humanos de Cidades para Todos e Todas”. Além de Guarulhos, participaram outros atores brasileiros como o presidente da Associação Brasileira de Municípios (ABM), Eduardo Tadeu, e o diretor do Instituto Polis, Nelson Saule.

Nas reuniões que antecederam a inauguração do evento, com destaque para a sessão de iniciativas e casos, Boulos compartilhou a experiência da cidade  e enfatizou a importância da participação em Redes de Cidades como uma forma de contribuir para a implementação de direitos humanos.

Nesta mesma perspectiva, destaca-se a sessão que abordou os papéis e mecanismos do governo e de instituições locais, debatendo estratégias de direitos humanos, da contribuição da sociedade civil e os desafios de governos locais na tradução de políticas de direitos humanos para o dia-a-dia da cidade.

Na plenária, posterior à cerimônia de inauguração, a coordenadora participou da mesa “Direitos Humanos e Governos Locais”, na qual compartilhou a trajetória da Coordenadoria de Relações Internacionais, a cidade como ator no cenário internacional, o papel na Rede Mercocidades e a experiência como cidade aeroportuária, neste caso, sobre o Posto de Atendimento Humanizado ao Migrante, localizado no Mezanino do Terminal 1 no Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos.

Como conclusão das atividades do evento, realizou-se a reunião da Comissão de Inclusão Social, Democracia Participativa e Direitos Humanos de Cidades e Governos Locais Unidos (CGLU), coordenada por Eva Garcia Chueca. Guarulhos se posiciou de forma atuante nesta comissão, inclusive almejando sediar a próxima reunião.

Como complemento, ocorreu visita técnica ao centro de apoio e atendimento às vítimas do massacre de 18 de maio de 1980 (4.170 estudantes), como também de uma cerimônia de velas em homenagem aos 280 jovens estudantes mortos em um naufrágio, em abril deste ano.

Colaborou a Coordenadoria de Relações Internacionais da cidade de Guarulhos 

 

 

 

 

 

Copa do Mundo: A cidade de Vitória recebe as seleções da Austrália e do Camarões

Workshop com funcionários municipais e capacitação de prestadores de serviço foram importantes para a preparação da cidade para recepcionar as seleções. 

A cidade de Vitória recebeu na noite da última quarta-feira (28) a seleção australiana, a primeira a chegar no Brasil. Desde a semana anterior já circulavam pela cidade, uma ilha de 330.000 habitantes, algumas equipes de TV e jornais australianos que estão fazendo reportagens sobre os bastidores do mundial.

A cidade se preparou para receber duas delegações. Além da Austrália, a seleção de Camarões também vai ficar em solo capixaba. Fazendo a interface com os estrangeiros, o Assessor de Relações Internacionais da Prefeitura, Lucas Scardua, destaca a hospitalidade dos capixabas. Segundo ele, o Poder Executivo municipal está se empenhando para receber os jogadores das duas seleções, seus técnicos e familiares da melhor forma possível. A segurança foi reforçada, profissionais de hotéis, transporte, bares, restaurantes e agentes da Guarda Civil Municipal tiveram aulas de inglês e a cidade recebeu novas placas de sinalização para facilitar a chegada aos pontos turísticos.

Ainda parte dos preparativos,técnicos da Secretaria Municipal de Turismo, Trabalho e Renda de Vitória (Semttre) participaram no dia 27 de uma capacitação visando à Copa do Mundo com o tema “O perfil do turista internacional com enfoque nos australianos e camaroneses”. O objetivo foi fazer com que os profissionais tivessem mais informações e se familiarizassem sobre os dois países, segundo a prefeitura.

Durante a palestra, os técnicos foram instruídos sobre comportamento, hábitos, valores e costumes dos povos dos dois países. Além disso, receberam informações sobre configuração geográfica, economia e aspectos políticos.

  Colaborou Assessoria de Relações Internacionais de Vitória 

 

Canoas recebe a 14ª Conferência da OIDP

A cidade Gaúcha será por três dias a capital da democracia participativa no Brasil

Nos dias 3, 4 e 5 de junho acontecerá na cidade de Canoas a 14ª Conferência do Observatório Internacional de Democracia Participativa (OIDP), com o tema a “Radicalização da Democracia e a Participação Cidadã”. O evento, dividido em programação principal, eventos paralelos e atividades culturais, contará com mais de 80 palestrantes de 29 países do mundo.

Estão confirmados nomes como Giuseppe Cocco e Jaume López, os sociólogos Matthew Ryan e Ilaria Casillo e o secretário-adjunto de Cultura do Estado do Rio Grande do Sul, Jéferson Assumção.

A OIDP nasceu em 2001 e desde 2006 vem atuado em colaboração com a rede Cidade e Governos Locais (CGLU). Nas palavras do prefeito de Canoas, Jairo Jorge, a iniciativa “propõe um espaço aberto para troca de experiências e produção de conhecimento e novas políticas públicas de participação cidadã no governo das cidades”.

Aqueles que não estiverem na cidade gaúcha podem acompanhar as discussões ao vivo no site oficial do evento (http://www.oidp2014.com.br).

Para conhecer a programação completa, clique aqui.